3.9.17

Laboratório Fantasma leva cultura hip hop para São Paulo Fashion Week

"AVUÁ
O vento tocando o rosto, a sensação de ver as nuvens por cima pela primeira vez. A proximidade do céu. Tudo isso acaba se tornando ainda mais mágico, se o que inspirou este vôo, foi um sonho. Sonhos e esperanças se tornaram letras escritas, as letras se tornaram canções e estas canções contaminaram pessoas, reacendendo nelas a importância do crer. Do voar. Escrita, canto e vôo.
É sempre hora de avuá."
Laboratório Fantasma



Para mim, que acompanho e consumo a moda streetwear brasileira desde os tempos em que o único PDV era a galeria do rock, é impossível negar a emoção ao ver o feito da Laboratório Fantasma na última edição da São Paulo Fashion Week!


Uma publicação compartilhada por Milíssima (@milissima) em


Para quem passou a adolescência sendo julgada pela roupa larga e os tênis masculinos que compõe o streetwear, ver uma moda sem gênero que contempla todos os corpos, emociona muito.



Levar o hip hop até a passarela, da maneira como fizeram, com uma cypher cantada durante o desfile, me atrevo a dizer que é algo inédito. Dos 3 desfiles já apresentados na semana da moda de SP, este foi o mais rua... não só pelas peças - que trazem a essência da cultura - mas pela atitude da banca da LAB, que deixou nome gravado na história da SPFW. Foi lindo, estou batendo palmas até agora!

Uma publicação compartilhada por Milíssima (@milissima) em


Um salve também para Ant Dopyn, Drump, Rap Power, Slum e Ice Blue on Hip Hop; marcas streetwear nacionais que fizeram parte do meu guarda-roupa e resistem bravamente no mercado vestindo os amantes da cultura hip hop!

Confira desfile completo.