10.9.17

Apresentação Musical de Karla da Silva

Olha quem voltou! Essa coluna maravilhosíssima que te apresenta as particularidades musicais de artistas igualmente maravilhosos! A entrevistada da vez é a carioca de Madureira, Karla da Silva!



A cantora já tem mais de 10 anos de uma carreira, mas sua projeção internacional se deu após a participação do programa global "The Voice Brasil" em 2.012, do qual foi semifinalista. O programa abriu várias portas, inclusive do avião que a levou para o SXSW, um mega evento de
cinema, música e tecnologia que acontece anualmente no Texas. Karla também rodou pela Europa, Rússia e Turquia com a turnê do show de seu primeiro álbum, o "Quintal".

Após suas andanças, Karla desembarcou e se fixou em São Paulo... com as influências cosmopolitas, a cantora desenvolveu seu segundo trabalho. Só o nome já é um espetáculo: "Gente Que Nunca Viu Vai Ver A Pretíssima Coroação"!
A cantora o descreve como "uma celebração da música negra mundial". Nessa celebração de 8 faixas tem rap, afoxé, jazz, pop-tecnobrega, afrobeat e samba malandro.

E as influências de Karla da Silva para chegar nesse resultado fantástico? Ela contou!

A música da sua vida:
" Primavera - movimento das quatro estações - de Vivaldi". Eu sou completamente apaixonada por música clássica desde muito nova, e Vivaldi tem o poder de mexer com minha alma. A música clássica é o estilo de música mais sublime na minha opinião e amo este movimento. "

Naquele momento romântico e sensual toca:
"Na pegada sexual - risos - o som que eu indico é "Voices of Jamaica" do Blundetto, o disco todo é um arraso. "

Aquela novidade musical para gente ir atrás:
"Gosto muito, muito, muito da voz da angolana Jéssica Areias que conheci aqui em SP. "

E na telinha, que tá rolando?:
"Amei a série "The OA" que vi há pouco tempo; " O casamento de Muriel" é antigo mas amo muito. "

As mais tocadas na vitrola:
"Tenho ouvido nesse momento "Boxes and Squares"da Tank and the Bangas"
"Come Down" do Anderson Paak"
"Negra Melodia" entre outras do Jards Macalé.
Essas são as que mais tenho ouvido no momento; mas no player da vida sempre são "Funny Valentine" na voz do Chet Baker ", "Dont Smoke In Bed" na voz da Nina Simone e "Oxalá" do Madredeus, além de todas da Elis, sou alucinada por ela! "

Tudo isso está impresso na arte dessa cantora de timbre suave e suingado na medida! 



Clipe da faixa "Imortais"

O show é uma delícia, e os paulistas e cariocas terão a oportunidade de conferir "Gente Que Nunca Viu Vai Ver A Pretíssima Coroação" ao vivo!


3.9.17

Laboratório Fantasma leva cultura hip hop para São Paulo Fashion Week

"AVUÁ
O vento tocando o rosto, a sensação de ver as nuvens por cima pela primeira vez. A proximidade do céu. Tudo isso acaba se tornando ainda mais mágico, se o que inspirou este vôo, foi um sonho. Sonhos e esperanças se tornaram letras escritas, as letras se tornaram canções e estas canções contaminaram pessoas, reacendendo nelas a importância do crer. Do voar. Escrita, canto e vôo.
É sempre hora de avuá."
Laboratório Fantasma



Para mim, que acompanho e consumo a moda streetwear brasileira desde os tempos em que o único PDV era a galeria do rock, é impossível negar a emoção ao ver o feito da Laboratório Fantasma na última edição da São Paulo Fashion Week!


Uma publicação compartilhada por Milíssima (@milissima) em


Para quem passou a adolescência sendo julgada pela roupa larga e os tênis masculinos que compõe o streetwear, ver uma moda sem gênero que contempla todos os corpos, emociona muito.



Levar o hip hop até a passarela, da maneira como fizeram, com uma cypher cantada durante o desfile, me atrevo a dizer que é algo inédito. Dos 3 desfiles já apresentados na semana da moda de SP, este foi o mais rua... não só pelas peças - que trazem a essência da cultura - mas pela atitude da banca da LAB, que deixou nome gravado na história da SPFW. Foi lindo, estou batendo palmas até agora!

Uma publicação compartilhada por Milíssima (@milissima) em


Um salve também para Ant Dopyn, Drump, Rap Power, Slum e Ice Blue on Hip Hop; marcas streetwear nacionais que fizeram parte do meu guarda-roupa e resistem bravamente no mercado vestindo os amantes da cultura hip hop!

Confira desfile completo.

4.8.17

ROLÊ SP: Rap Burguer – Hamburgueria Artesanal

A região da Baixo Augusta tem novo ponto de encontro para os amantes da cultura hip hop e da boa comida, a hamburgueria "RAP Burguer"!
A primeira hamburgueria com temática hip-hop de São Paulo abre suas portas no próximo dia 8; mas fui ontem conferir a pré-inauguração e dessa vez vai ter spoiler...

Uma publicação compartilhada por Milíssima (@milissima) em


Atendimento
Informais porém super cordiais, o pessoal do atendimento te deixa super à vontade! Alguns atendentes são do rolê de rap... deve ser maravilhoso ser bem atendido por um amigo, né?

15.7.17

Vintage Pop Culture: A arte de David Redon a.k.a. Ads Libitum

David Redon cresceu em Marselha, mas mudou-se para Paris para estudar design gráfico, tipografia e publicidade. Seguiu carreira publicitária e se tornou diretor de arte em uma agência de publicidade e atendeu grandes clientes, incluindo Nokia e BMW. Sua fantástica série de pôsteres combina anúncios americanos vintage e cartazes de propaganda de guerra com ídolos de música moderna e suas letras de músicas. A seleção a seguir é a "Ads Libitum Radio".





"Fly, flyy, flyyy!"

26.5.17

5 fatos sobre a música de Lauryn Hill

Uma das artistas mais fundamentais da cena do hip hop feminino completa hoje 42 anos!



A matriarca do rap contemporâneo é uma das grandes influências para 9 entre 10 mulheres da cena do hip hop mundial. Já em suas influências, ela mescla o hip hop a elementos de soul, R&B, pop e reggae. Não foi por acaso que ela se destacou pela primeira vez com covers de Bob Marley & The Wailers e Lori Liebermann, ainda com o grupo The Fugees em 1996. De família musicalmente ativa - sua mãe tocava piano e seu pai cantava em boates locais e casamentos - Lauryn cresceu ouvindo nomes como: Curtis Mayfield, Stevie Wonder, Aretha Franklin, e Gladys Knight. Desde criança, Hill cantava e fazia pequenas participações em programas de televisão e filmes. Seu envolvimento com o grupo de rap e rhythm & blues começou aos 13 anos.



Em 25 de agosto de 1998,  Hill se lançou "solo" com The Miseducation of Lauryn Hill. Foi seu primeiro e último álbum de estúdio, concebido em meio a dificuldades pessoais. Ela queria fazer “música sincera”, diz Chris Nickson em sua biografia da artista – e foi isso o que ela fez.

“[Queria] escrever canções que mexessem comigo, que tivessem a integridade do reggae, a força do hip-hop e a instrumentação do soul clássico”, disse ela à revista Roling Stone em 1999. “[Eu e meu engenheiro trabalhamos num] som cru. Gosto que as pessoas consigam ouvir a voz arranhando. Não quero que tirem [essa característica].”

Após um hiato, Laurinha apresentou o MTV Unplugged; um álbum autobiográfico que fala de suas decepções pessoais, tanto com a gravadora, e seu lado espiritual. O mais intrigante neste novo álbum ela se recusa a cantar musicas de seu álbum anterior, todas as faixas são emocionantes, ele revela muito segredos sobre o mundo da musica.
A ex-integrante dos Fugees não anunciou planos para um disco novo, mas vem se apresentando com mais frequência. Ela gravou músicas novas, como “Neurotic Society” e “Black Rage”.

Ainda assim, nada do que ela fez teve o mesmo impacto sobre o hip-hop e o R&B como seu álbum solo de estreia. Veja como The Miseducation of Lauryn Hill redefiniu a música negra na atualidade.


1. Ela derrubou barreiras para artistas negras.

Miseducation derrubou barreiras. Apesar de não ter sido a primeira a brincar com os dois gêneros, as canções de Hill ecoaram com as massas por causa do casamento entre hip-hop e R&B. O disco vendeu mais de 420 000 cópias na primeira semana, ultrapassando o recorde de Madonna, e desde então já vendeu mais de 17 milhões de unidades no mundo inteiro. “O que Lauryn está fazendo é abrir as portas para artistas mulheres que não são materialistas nem estão mostrando os peitos”, disse RZA, do Wu-Tang Clan, à MTV, em 1998. “Ela representa uma beleza e uma pureza que são mais reais. Ela faz música que as pessoas entendem, e é por isso que tem tanto sucesso.”

10.5.17

Show do Bilhão! Forbes divulga lista dos 5 rappers mais ricos de 2016

Por muitos anos, a lista Forbes dos 5 artistas mais ricos do hip-hop foi formada pelas mesmas figuras: Diddy, Birdman, Dr. Dre, Jay Z e 50 Cent.


1.360 milhões de motivos para sorrir!

O último deles faliu no ano passado e acabou saindo do ranking e abriu espaço para Drake, que tem uma fortuna conquistada graças à música e a negócios com marcas como Nike, Apple e Sprite – um patrimônio estimado em US$ 60 milhões.

Apesar de ainda faltar muito para que Drake chegue perto do primeiro colocado Diddy – que registra um patrimônio de mais de US$ 750 milhões –, o próprio declarou que lucrar é um dos seus principais objetivos.

1. Sean “Diddy” Combs (US$ 750 milhões)



Chame-o como quiser, Puff Daddy ou apenas Diddy, o fato é que em 2015 o artista viveu como seu próprio disco, batizado de MMM – Money Making Mitch (algo como fazedor de dinheiro), graças ao seu acordo com a vodca Cîroc, da Diageo. Também vale lembrar que seu canal de TV Revolt, sua linha de roupas Sean John e sua marca de água Aquahydrate ajudam na manutenção da fortuna.
Acompanhamos - de camarote, bebendo gela e tomando Cîroc - o rapper no topo dessa lista, pelo segundo ano consecutivo.

2. Andre “Dr. Dre” Young (US$ 710 milhões)



Há dois anos, as vendas da superprodução Beats By Dr. Dre garantiu ao músico e produtor a maior quantia de dinheiro feito em um só dia na história. Agora, ele tem em sua conta uma quantia de mais de nove dígitos e propriedades que até um bilionário invejaria.
O som dos milhões caindo na conta deve ser lindo, saindo de um Beats by Dre!

3. Shawn “Jay Z” Carter (US$ 610 milhões)



O rapper nascido no Brooklyn possui várias holdings, porém, no ano que passou, o Tidal, seu serviço de distribuição de música por assinatura, acelerou o crescimento da sua fortuna. A companhia possui agora 3 milhões de assinaturas pagas, o que faz com que valha três vezes mais do que o preço estimado da companhia, de US$ 56 milhões.
Mas sabemos que a fortuna de valor inestimável é o combo "Beyoncé + Blue Ivy + xs gêmexs".
<3 p="">

5.5.17

Adidas + Pharrell: Conheça o novo sneaker da coleção Adidas Originals = Pharrell Williams Hu




A parceria de sucesso adidas Originals = PHARRELL WILLIAMS segue firme em 2017!
De laços fortalecidos, [com direito à mimos para os gêmeos Williams] marca e cantor trabalharam sem descanso na criação de um tênis minimalista, porém versátil e surpreendente.
Conheça o HU Icons, o novo modelo, que é só um gostinho do que virá para o segundo semestre.

2.5.17

"Rimas e Melodias" falam sobre suas influências no hip hop

Formado pelas cantoras Tatiana Bispo e Alt Niss, pela DJ Mayra Maldjian, pelas cantoras e rappers Tássia Reis e Drik Barbosa, e pelas rappers Karol de Souza e Stefanie, o projeto musical "Rimas e Melodias" tem como proposta trabalhar tanto com a resistência do rap quanto com a delicadeza do neo soul em suas composições - daí a relação com o próprio nome do coletivo.
O viés feminista e racial fala alto no projeto e não à toa. Em um meio ainda comumente dominado por homens - embora tenhamos presenciado cada vez mais mulheres se unindo e ganhando força na cena -, as integrantes escolheram se posicionar nas letras para discursar a favor do papel da mulher negra na sociedade. "É um tema que permeia as composições porque a gente aborda as nossas vivências com o racismo que temos que enfrentar diariamente e as dificuldades que sentimos por sermos mulheres", diz Drik. "Acreditamos que isso tem que ser falado e discutido, e gente quer colaborar para fortalecer a autoestima de todas."


27.4.17

Winnie Harlow estrelando na campanha do Nike Air VaporMax "Asphalt"

Chantelle Brown-Young, a jovem de 22 anos de nome artístico Winnie Harlow, já é um ícone de beleza não convencional.



Com a pele marcada pelo vitiligo, a modelo canadense segue como exemplo de determinação, coragem e autoaceitação desde que despontou no Next Top Model da América.

26.4.17

Beyoncé brinda um ano de "Lemonade" com um programa de bolsa de estudos! Saiba tudo sobre o "Formation Scholars".

Okay ladies, 
Now let’s get in formation!


Para celebrar um ano de lançamento de “Lemonade”, Beyoncé Knowles-Carter botou tudo que canta nas músicas em prática! Em comemoração ao álbum mais vendido de 2016, a Deusa do ShowBussiness lançou o "Formation Scholars". A iniciativa funciona como um programa de bolsas voltado para jovens mulheres que, segundo o site oficial da cantora, “não têm medo de pensar fora da caixa, e são corajosas, criativas e confiantes”. O projeto visa incentivar a carreira de mulheres na área de “creative arts”, como música, literatura e estudos afro-americanos.

13.4.17

Apresentação Musical de Nara Couto

Tenho certeza que vocês já tiveram a curiosidade de saber a playlist daquele artista que você admira,
o que elx houve pra inspirar e fazer o som que inspira você! Sendo assim, eu resolvi encerar a cara e perguntar... já que o dito popular diz que não ofende!
Temos a primeira! É uma honra estrear com a baianíssima Nara Couto.
Vale anotar todas as dicas culturais do bate-papo com ela, que saiu do Curuzu e desponta para o mundo com sua voz encantadora!



Milíssima: Vamos começar do básico... me conta quais são as músicas que mais tocam seu radinho atualmente!
Nara Couto: Eu sou uma senhorinha (rs*) sou capaz de ouvir o mesmo CD durante anos e ainda me surpreendo com o que ouço, música pra mim é isso, vive dentro da gente mesmo com o tempo.
Atualmente tenho ouvindo poucas coisas, vou pontuar o que tenho ouvido nos últimos dois meses.

1.4.17

Big Sean entra para o time de embaixadores da Puma

De olho no poder de influência de Big Sean, a PUMA formou recentemente uma parceria com o rapper Big Sean.



O multi-platina e influenciador digital, acaba de assinar como colaborador criativo e embaixador global da marca esportiva. A lista de parceiros que emprestam a sua criatividade e inspiram novos produtos só cresce!

31.3.17

Tress,o "instagram" do cabelo afro já está disponível em iOS

O apoio entre as mulheres em transição capilar é algo admirável, são inúmeras comunidades de trocas de experiências sobre cabelos crespos e cacheados. Agora muitas poderão ter mais uma ferramenta de apoio na palma da mão!



Três empresárias africanas tiveram uma sacada incrível: reunir referências e uma rede de contatos em um único aplicativo.

27.3.17

MiMi Facts! 10 curiosidades sobre a aniversariante do dia, Mariah Carey.

Quem chegou aos 47 anos hoje? Mariah Carey!

Vejamos 10 fatos - que talvez você não saiba - sobre essa ariana de personalidade excêntrica que amamos!


1) Ela teve uma Mamãe Pulso Forte


Mariah Carey nasceu em 27 de Março de 1970, em Nova York. Seu pai, um engenheiro aeronáutico de ascendência afro-venezuelana e sua mãe, filha de irlandeses, se separaram quando ela tinha três anos de idade, ela e seu irmão mais velho ficaram sob guarda da mãe, Patricia Hickey.
Patricia era uma Cantora mezzo-soprano, atuava em óperas no teatro municipal da cidade, cantava jazz e era uma rígida professora de canto.
Percebeu o talento herdado quando a filha tinha dois anos, quando encontrou a menina imitando com perfeição sua ópera.
Desde então se tornou sua principal incentivadora, e aplicou suas primeiras aulas de canto quando ela completou 4 anos. Mas a estrela buscou seu caminho e independência desde muito cedo. No colégio, já escrevia suas primeiras músicas, nesta época decidiu mudar de cidade. Em Manhattan, estudou cosmetologia, trabalhou como esteticista, camareira e outros bicos; enquanto não encontrava oportunidades no cenário musical.

24.3.17

Levi's e New Era apostam na NBA para o outono-inverno

Se depender da Levi's e New Era, vai ter casaco quentinho e estiloso para o próximo inverno!


A marca americana de denim anunciou a pouco - mais precisamente na semana do NBA All-Star - o lançamento de uma linha de roupas dedicada à paixão esportiva americana, o basquetebol.

Jaquetas jeans, suéteres de algodão, camisas xadrezes, uma jaqueta sherpa e jaquetas de treinador ostentam o logo dos mais famosos times da NBA: Golden State Warriors, os Lakers de Los Angeles, os Bulls de Chicago, os Knicks de Nova York e os Celtics de Boston.