17.11.18

Negra Li lança o disco “Raízes” com nova referência musical

“Raízes” traz um conceito múltiplo. Ressalta a raiz africana, a raiz musical, a raiz da periferia, a raiz capilar. É o novo disco da diva do rap, Negra Li, que retoma suas origens, reafirmando a pele negra com força e determinação.



Inovador, o novo disco cria uma identidade musical única, que engloba vários estilos, mescla o rap com sons brasileiros apimentados e “beats” modernos e presenteia o público com um disco original e diferenciado.

R&B, trap, reggae, pop, rap, ritmos latinos e africanos são conectados pela sonoridade brasileira no novo disco. A nova fase de Negra Li registra neste novo trabalho seu momento de vida atual, de felicidade pura, posicionamento, amor pela família e pela periferia, maturidade, integridade, beleza. "Certamente esse é o melhor trabalho da minha carreira. Maduro, o novo álbum mescla a alma da música brasileira e do rap a vários estilos musicais. Vamos criar a partir dele uma nova referência musical", avalia a cantora e compositora.

Participações especiais

15.11.18

Drik Barbosa celebra 45 do Hip Hop com single “Crias da Rua”

Um dos mais importantes movimentos culturais dos últimos tempos, o hip-hop, completou em 2018 seus 45 anos anos. Pensando em celebrar esse importante momento, a Laboratório Fantasma se uniu ao Festival Sons da Rua e abriu seu estúdio para gravar uma faixa homenageando os artistas que vieram do espaço urbano.



Utilizando elementos sonoros de uma grande metrópole, como latas de spray sendo agitadas, rodas de skate deslizando pelas ruas e arremessos sendo acertados em um aro de basquete, um beat foi construído por Marcio Arantes para que três novos grupos mostrassem sua ideia. “Meu trabalho foi fazer uma pesquisa encontrando ruídos que fazem parte desse universo do universo urbano. Montada essa ‘paleta de sons’ precisei encontrar música nesses sons, como lapidar algo bruto que em si já tem uma forma. E assim fomos encontrando um beat, usando sons de skate, spray, latas de lixo, jogo de basquete, moto, busão, britadeira, bate-estaca, máquina de cortar o cabelo etc. Feito isso, juntamos os artistas para criarem os versos nessa mesma temática”, explica Marcio.

Esses artistas, selecionados em um concurso de talentos dentro do festival Sons da Rua 2018, são novos para grande parte do público, mas não se intimidaram em soltar a voz. Bia Doxum tem 19 anos, é da zona leste de São Paulo e presença marcante em batalhas de MC’s pela cidade. Mostrou sua habilidade e seu verso sem freio sendo seguida pelo Equilíbrio Sonoro, a resistência do interior do Paraná (Apucarana), como eles mesmo pontuam na música, e com a Família ZL (Criciúma/Santa Catarina) fechando a trinca, que além da participação na faixa se sagraram campeões da disputa do Sons da Rua. Dando peso ao refrão, Drik Barbosa, outra cria da rua e representante da Lab, que vem mostrando nos últimos anos todo seu talento em participações de músicas com Emicida e em seu próprio EP, “Espelho”, lançado em 2018.

7.11.18

Aisha Mbikila X Nike

A nova coleção da Nike é daquelas que dá alegria só de olhar. As cores vibrantes fazem parte deste sentimento, mas a inspiração em personalidades femininas latinas faz toda a diferença. A linha Nike HyperFlora, que chega às lojas no dia 8 de novembro, ganhou estampas pintadas à mão com contrastes entre o azul escuro, vermelho e verde, além da versão mais leve, em tons pastel, como rosa, cinza, azul claro e amarelo. 




A marca convidou três mulheres inspiradoras e conectadas com o esporte para participarem da campanha. Entre elas, a dançarina Aisha Mbikila, a única brasileira das fotos. "Foi muito legal conhecer as meninas (Oriana e Chiara). Com certeza eu acredito que as mulheres ficam mais fortes quando estão unidas pois juntas, a gente se inspira, se desconstrói e brilha. O machismo sempre tentou nos afastar, mas a união das mulheres é para mim uma das coisas mais importantes", diz Aisha.

20.10.18

Ícones do rap nacional viram super-heróis em quadrinhos

A cantora Negra Li teria semelhanças com Ororo Munroe, a mutante Tempestade de X-Men? Luke Cage, primeiro herói negro a ter uma revista própria pela Marvel, poderia ser representado pelo carioca MV Bill? E se o rapper e poeta paulistano Rincon Sapiência fosse representado como o jovem herói dos anos 2000 Super Choque? Na imaginação do ilustrador Wagner Loud e do youtuber Gil Santos, do canal LØAD Comics, enxergar artistas do rap nacional como personagens poderosos das histórias em quadrinhos não é só possível, como real.


No projeto Rap em Quadrinhos, os artistas homenagearam 23 rappers do cenário brasileiro – a grande maioria negros – com ilustrações que se relacionam com capas históricas de HQs. As ilustrações serão expostas neste sábado, 20, no espaço Central Panelaço, no bairro Bela Vista, em São Paulo. A mostra é gratuita e segue até o fim de outubro.

“Todos os artistas são pessoas com quem temos afinidades musicalmente. E a gente tenta não fazer o desenho só pelo desenho, mas relacionar as personalidades de cada um com os personagens das histórias”, diz Loud. “O (rapper) Kamau, por exemplo, também é professor de matemática e quase ninguém sabe disso. Por isso colocamos ele como o (mutante) Fera, de X-Men, que é cientista”.



4.10.18

ROLÊ SP: Ocupação Ilê Aiyê

No Itaú Cultural, o primeiro bloco afro-brasileiro tem voz para dar luz à sua história
de resistência, até ser conhecido internacionalmente como uma ação afirmativa
da raça e do valor dos povos de origem africana.


O primeiro bloco afro do Brasil, Ilê Aiyê, traz seu axé de cura e encanto para a Avenida Paulista e faz da 42ª Ocupação Itaú Cultural um grito de resistência contra os desmandos históricos que oprimem a liberdade e a majestade que habita dentro de cada pessoa.

Neste caso, os negros – os descendentes dos africanos escravizados durante os três séculos de Brasil colônia e império, cujas consequências persistem até hoje no desequilíbrio social e em ideias racistas que negam à maioria da população (que é negra) o acesso aos comandos, aos locais de fala e de decisão.

Foi com luz, sabedoria e beleza que o Ilê Aiyê teceu sua resposta, seu manto de orgulho e glória. Em 1974, sob a inspiração da líder religiosa Hilda Dias dos Santos (Salvador, 1923-2009), Mãe Hilda Jitolu, e atuação de seu filho Antonio Carlos dos Santos Vovô (Salvador, 1952), surgiu o bloco, com apoio e força de Apolônio, Dete, Vivaldo, Ana Meire, Sergio Roberto, Jailson, Lili, Macalé, Eliete Celestino, Joevandro, Maria Auxiliadora e de muito mais gente da comunidade que vivia próxima à ladeira do Curuzu, no bairro da Liberdade, periferia de Salvador (BA).

28.8.18

Collab pesadíssima:Serena Williams X Virgil Abloh X Nike

A 50ª edição do US Open, que acontecerá em Nova Iorque de 27 de agosto a 9 de setembro, será o cenário de uma colaboração inesperada.


O criador estrela Virgil Abloh, atual diretor artístico da moda masculina da Louis Vuitton e fundador da Off-White, assina as indumentárias de Serena Williams, em colaboração com a fabricante de equipamentos Nike.


 A tenista, seis vezes vencedora da competição que decorre anualmente no parque municipal Flushing Meadows, está habituada a que os seus looks no court sejam amplamente comentados. Exemplo disso, foi o seu look em preto integral usado durante o último torneio de Roland-Garros.

16.7.18

LAB lança linha de roupas em parceria com a C&A

Depois do sucesso em três edições da SPFW, a LAB, marca dos músicos irmãos Emicida e Fióti, lança agora uma coleção em parceria com a C&A. A estética de rua foi na inspiração para a linha, batizada de "A Rua é Noiz", que conta com peças masculinas e femininas, como tops cropped e vestidos, além de bonés, jaquetas e outros acessórios.


As frases mais famosas de Emicida, como o bordão "I love quebrada", usado pelo cantor em suas letras, estampam algumas camisetas, que também estão disponíveis em modelagens plus-size, uma das apostas da LAB.

15.7.18

Beyoncé lança coleção beneficente inspirada nos looks do Coachella

A Balmain lança uma mini coleção cápsula Beyoncé, intitulada BalmainxBeyoncé.


“Nos meus oito anos como diretor criativo da Balmain, tive muitas experiências incríveis e sei que há muitas, muitas mais por vir. Mas, hoje posso dizer, com absoluta confiança, que colaborar com a Beyoncé nos seus espetáculos no Coachella será, com certeza, uma das memórias mais importantes e preciosas da minha carreira”, disse o diretor de criativo da Balmain, Olivier Rousteing.


30.6.18

A marca esportiva Fila estreia em Milão

Após um hiato de cerca de quinze anos, a Fila retorna com força na cena da moda. A marca criada em 1911 na Itália apresentará pela primeira vez um desfile no calendário oficial da moda, durante a Semana de Moda de Milão, que será realizada entre 18 e 24 setembro. A data e o local do evento da Fila ainda não foram divulgados.



Pertencente desde 2007 a um empresário sul-coreano por meio da empresa Fila Korea, a Fila formou parcerias com criadores como Jason Wu, Anna Sui e Gosha Rubchinskiy. Durante a semana da moda italiana precedente, em fevereiro, a Fila apareceu no desfile da Fendi, que adotou o logotipo vermelho e azul da marca para uma coleção-cápsula.

24.4.18

Apresentação Musical de Coruja BC1 + ROLÊ SP

A coluna mais chave desse blog tá volta!
É vez do rapper Coruja BC1 fazer sua apresentação musical para os leitores dessa humilde quebrada cibernética, Milissima Blog.


Conhecido do cenário do rap brasileiro desde que lançou as mixtapes “Até Surdo Ouvir” (2012) e “A Voz do Coração” (2014), Coruja BC1 foi conquistando seu lugar no hip  hop nacional e trilhando um consistente caminho no segmento  sem se precipitar em correr para gravar um disco. Nesse meio tempo lançou ”Modo F”, remix de "A Tale Of 2 Citez”, de J Cole, e foi conhecendo mais pessoas, entre elas Skeeter, que produziu com ele o single “Passando a Limpo” (2016) e o primordial “NDDN”.

A ave do rap me contou o que rola no fone de ouvido e serve de inspiração para todas essas punchlines que ele solta pelo mundão.

TOP 3: As três mais ouvidas no player...

"Começo com Oceano, do Djavan. A forma como ele cria as metáforas e ao mesmo tempo emociona nessa e em outras músicas são algo que desafia a explicação, música de alma com alma mesmo.

A segunda é Tim Maia - Bom Senso, embora esse álbum seja baseado em um livro do qual eu não briso muito, as ideias desse som é muito intensa, e faz lembra de erros e acertos pessoas, e até mesmo do fato de que as vezes precisamos errar pra acerta, enfrentar dificuldades pra obter exito nos nossos sonhos e objetivos.

A terceira Racionais - Jesus Chorou, sempre nos momentos de raiva ou reflexão ouço bastante essa track, me identifico bastante com essa track."


4.4.18

Karol Conka lança clipe de "Cabeça de Nego" em homenagem ao rapper Sabotage



Essa semana a rapper Karol Conka causou na internet publicando a foto acima!
A arte anuncia  sua versão para "Cabeça de Nego", música de Sabotage, em parceria com Tejo Damasceno e Rica Amabis, e lançada no disco "Coleção Nacional", do Instituto, em 2002.
O suspense acabou! Hoje a música foi para as plataformas digitais, junto com um clipe lindão, gravado na favela do Boqueirão, bairro do rapper assassinado em 2003.


Desde o princípio a ideia era que Karol entrasse no universo de Sabotage levando sua personalidade.
Para isso, Karol chamou o mesmo time do Instituto para produzir, em parceira com Boss in Drama, essa nova versão.



Produzido pela Gullane Entretenimento, o videoclipe de "Cabeça de Nego" foi dirigido por Johnny Araujo e Leandro Lima. "Desde o começo esse trabalho me trouxe lembranças dos muitos clipes de rap que dirigi, pois foi assim que comecei. Para mim e para todos os envolvidos era uma volta ao passado, mostrar hoje, de onde veio o genial Sabotage. A ideia era ser o mais natural possível e por isso procuramos não interferir em nada, não produzir ou alterar o real.

O conceito era raiz. E a Karol, desde o primeiro minuto que pisou lá, interagiu com todo mundo de uma maneira muito natural e verdadeira. Isso foi o diferencial do clipe, o ponto forte" - explica Johnny.



15.3.18

NBA anuncia nova loja em São Paulo, na Galeria do Rock!

A liga americana de basquete NBA anunciou que vai abrir uma loja oficial de 100 metros quadrados em São Paulo no mês de abril. O lugar escolhido foi o descolado Centro Comercial Grandes Galerias, conhecido como Galeria do Rock, localizado na Avenida São João, no centro da capital paulista.

Entrada da loja oficial da NBA no Barrashopping

8.3.18

Nicola Adam, Katherine Johnson e Sara Gama ganham versão Barbie® “Shero”

8 de março é o Dia Internacional da Mulher e a Mattel encontrou um jeito incrível de celebrar esta data!


Inspirada pelo feminismo e motivada a incentivar meninas a serem independentes, empoderadas e engajadas, a Mattel acaba de anunciar seu próximo lançamento: a linha de bonecas Barbie Global Sheroes 2018.
Anualmente marca homenageia mulheres que fizeram história e quebraram barreiras ao redor do mundo. Entre as homenageadas desse ano, destaco Nicola Adam, Katherine Johnson e Sara Gama.

24.11.17

Calvin Klein anuncia nova campanha com Solange



Calvin Klein lançou sua mais recente campanha global de underwear e jeans, "Our Family", com uma mensagem promovendo a família e a unidade transmitida pela artista Solange e uma família de músicos escolhidos a dedo.

A campanha "Our family" estrela a compositora e artista Solange vestindo calvin Klein denim e underwear. Ela é apoiada por uma "família" de artistas escolhidos pessoalmente por ela, incluindo Kelela, Dev Hynes, Caroline Polachek e Adam Bainbridge of Kindness.

10.9.17

Apresentação Musical de Karla da Silva

Olha quem voltou! Essa coluna maravilhosíssima que te apresenta as particularidades musicais de artistas igualmente maravilhosos! A entrevistada da vez é a carioca de Madureira, Karla da Silva!



A cantora já tem mais de 10 anos de uma carreira, mas sua projeção internacional se deu após a participação do programa global "The Voice Brasil" em 2.012, do qual foi semifinalista. O programa abriu várias portas, inclusive do avião que a levou para o SXSW, um mega evento de
cinema, música e tecnologia que acontece anualmente no Texas. Karla também rodou pela Europa, Rússia e Turquia com a turnê do show de seu primeiro álbum, o "Quintal".

Após suas andanças, Karla desembarcou e se fixou em São Paulo... com as influências cosmopolitas, a cantora desenvolveu seu segundo trabalho. Só o nome já é um espetáculo: "Gente Que Nunca Viu Vai Ver A Pretíssima Coroação"!
A cantora o descreve como "uma celebração da música negra mundial". Nessa celebração de 8 faixas tem rap, afoxé, jazz, pop-tecnobrega, afrobeat e samba malandro.

E as influências de Karla da Silva para chegar nesse resultado fantástico? Ela contou!